Viagens a dois, Até Marte!
comment 1

Se Santorini falasse…

Se Santorini falasse, contava-vos que aqui a vida é azul, celeste, da cor do céu, do mar e das 365 cúpulas das igrejas que existem nesta ilha (1 para cada dia do ano).

Santorini é o muito que resta da erupção vulcânica, que formou esta enorme caldeira, que parece um lago e à volta da qual, se localizam as pequenas vilas desta ilha.

Santorini tem cerca de 15 000 habitantes. A capital da ilha, é Fira.
A principal fonte de receita é o turismo e a produção de vinho.

Santorini vem do nome Santa Irene, mas o seu nome official é Thera que significa “ a mais linda”.
As praias são de areia negra à excepção de duas, uma de areia branca e outra vermelha (dependem da camada geológica a que estão expostas).

Fazem-se passeios de barco até à cratera do vulcão. Podemos nadar nas águas vulcânicas, 5 graus mais quentes.
Oia é a vila mais antiga, lindíssima mas a abarrotar de gente, sobretudo das excursões que chegam dos cruzeiros, dos casais em Lua de Mel e das noivas que tiram fotografias “de catálogo”. Só aqui, assisiti a 2 casamentos. 🙂

Longe das multidões, ouvem-se passarinhos, o correr da água nas pisicinas e o vento que sopra docemente.
À noite, os grilos cantam a sua melodia.

Não fiz muito, nos 2 dias que cá estive, além de pasmar para a paisagem, tirar fotografias, descansar ao sol, brincar com os gatos do hotel e ler. Serve muito bem esse propósito.

Havia uma padaria, a 10 minutos a pé do nosso hotel, que fazia tartes quentinhas de chocolate outras de tomate, espinafres e queijo feta, além de um capuccino bem cremoso. Que bela maneira de começar o dia!

As ruas são estreitinhas com escadarias que não acabam (ou acabam no mar) e há mais motas que carros. As estradas, fazem lembrar as estradas antigas da costa norte da Madeira; quando o autocarro faz a curva, só se vê o abismo e há que fazer marcha atrás, porque vem um carro no sentido contrário. Frequente.

Perto do hotel, em Imerovigli, havia também uma taverna, com cadeiras azuis e toalhas de papel, velinhas, buganvílias cor de rosa e gatos nas redondezas à espera que lhes saísse a sorte grande e caíssem migalhas do céu (ou melhor da mesa).
Comemos tomates recheados à moda de Santorini, polvo com tomates secos e molho vinagrete e um creme de favas com alcaparras que era de chorar por mais. Preço muito razoável, o seu nome era Estia.

Gostei de tudo, mas de tudo, o melhor foi o por do sol dourado e vermelho, imponente que faz parar o correr da vida. Todos se sentam para o ver passar…um copo de vinho na mão, azeitonas no prato e naqueles minutos o que se sente é que somos uns sortudos “do caraças” por poder assistir a um espetáculo daquele gabarito. Consumado o ato, todos dão palmas e fecha-se a cortina para dar lugar à lua.

Amanhã segue-se Atenas. Até breve.

Preço viagem: Aegean Airlines Atenas- Santorini

photo 2

photo 3

photo 4

photo 5

photo 1

photo 2

photo 3

photo 4

photo 2

photo 3

photo 5

photo 4

email

1 Comment

  1. Pingback: Say YES to Athens! - From Madeira to Mars

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.