Dicas para planear viagens, Até Marte!
Leave a comment

Da Madeira para a Tailândia

“Da Madeira para a Tailândia “ – por Lito Fernandes

Conheci o Lito, há dois anos, através de um grande amigo em comum. Partilhamos a mesma paixão destemida pelas viagens e adoro as suas fotografias no Instagram ! Desafiei-o para deixar o seu testemunho no blog, da sua recente viagem à Tailândia.

Sem mais demoras, aqui vão as fotografias e o texto do Lito Fernandes.

– Porquê uma viagem à Tailândia?

A Tailândia não é uma estreia para mim. Já cá tinha estado em 2016 e deslumbrei-me por cada momento que este país tem para oferecer. Difícil mesmo foi aguentar 3 anos para poder visitar novamente esta preciosidade.

Wat Arun

Pileh Lagoon

– Que voos fizeste da Madeira para a Tailândia?

Tentei pesquisar por uma opção mais económica e mais rápida. Optei por voar para o Porto e apanhei um voo da Turkish Airlines para Banguecoque via Istambul. Depois, seguiram-se mais 3 voos domésticos, 2 com a Thai Airways e 1 com a AirAsia.

Grand Palace

– Qual o itinerário da viagem e em que hotéis ficaste na Tailândia?

Comecei por Banguecoque e fiquei três noites hospedado no Grande Centre Ploenchit Hotel.

Parti com destino a Krabi, para hospedar-me em Ao Nang, no hotel Panan Krabi Resort, durante 3 noites.

Ao Nang

Zarpei num ferry com destino a Ko Phi Phi Don, onde optei por ficar 2 noites no U Rip Resort.

Ko Phi Phi Don

Mais uma viagem de ferry e de volta a Ao Nang, fiquei novamente no Panan Krabi Resort por uma noite antes de voar para Chiang Mai, norte da Tailândia, por duas noites, no Hotel L Nimman.

De volta a Banguecoque e após uma breve escala aeroportuária, eis que regressei a Portugal.

– Quais foram os 3 pontos altos da viagem à Tailândia?

É sempre difícil eleger um Top 3 numa viagem repleta de fantásticas experiências mas aqui vão:

-Visitar o Sirocco Sky Bar com vista sobre a frenética cidade de Banguecoque.

– Contemplar o pôr-do-sol num long tail boat, nas ilhas Phi Phi.

 

-Conhecer um santuário de elefantes em Chiang Mai, foi um dos momentos altos da minha viagem. 

(Saiba mais sobre os santuários de elefantes )

– A melhor refeição?

Fui agradavelmente surpreendido com a cozinha tailandesa – os meus intestinos, desta vez, portaram-se bem – e foram muitas as refeições e os pratos que experimentei, mas rendi-me ao frango frito com cogumelos e cajus, acompanhado de arroz.

-A melhor noite?

A melhor noite foi no Stones Bar, nas Phi Phi. Festas na praia, com muitos jogos, música, calor e boa disposição.

-A melhor praia?

Long Beach, nas ilhas Phi Phi.

-O momento mais estranho da viagem?

Não houve nenhum momento demasiado bizarro, aliás, todos os momentos contam e valem pela experiência. No entanto, se tivesse que eleger um, diria que ter visto um peixe a ser pescado no rio imundo e contaminado de Banguecoque e saltar logo para a grelha deixou-me, deveras, muito nauseado…

-Próximo destino?

A próxima viagem será à Alemanha para visitar a família mas anseio fazer da Islândia a minha próxima grande viagem… não deverá faltar muito. 😊

Muito obrigado Lito! E que venham mais viagens!


Procura mais hotéis com desconto e excursões na Tailândia, veja estas ofertas:


Booking.com

Obrigada pela vossa visita! 🙂

Filed under: Dicas para planear viagens, Até Marte!

by

Hi! I'm Sofia and my blog talks about the Island where I was born and live, MADEIRA, and the travels that make me enjoy life, in an endless journey to discover the world until (one day, who knows) I get to visit Mars. Welcome :)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.