Eventos e Festivais
comments 2

Passagem de Ano Novo em Dublin

A passagem do ano 2015 foi celebrada em Dublin.

Ao escolher Dublin, procurava um novo destino e diferentes formas de celebrar o Ano Novo. Queria explorar uma cidade onde as festividades da passagem de ano não se resumissem à contagem regressiva da meia-noite e ao fogo de artifício.
Procurava algo que me inspirasse a começar o ano novo com um propósito.
Encontrei-o em Dublin.

Dublin é, não só, uma bela cidade com bares acolhedores, concertos de música ao vivo e pessoas simpáticas, mas também, uma cidade inspiradora pela sua história, inovação e forma como capta o nosso estado emocional.
Devo dizer que, ao assistir a algumas das festividades de Dublin no Ano Novo, tal como ‘Poetry Slam’ e o ‘Dia da resolução’, alterei a minha consciência sobre saúde mental.

Fazer da saúde mental uma prioridade, tornou-se a minha nova resolução para 2016.

O que é que o Ano Novo tem a ver com isso?

Em Dublin, as associações locais estão a trabalhar, em proximidade com os organizadores das festividades, para incluir a sensibilização da saúde mental, na comunidade.

How will you #plantoprotect your #mentalhealth?

Uma foto publicada por Mental Health Ireland (@mentalhealthireland) a

Assisti a eventos de poesia que falavam sobre problemas como o bullying, vícios, suicídio e as frustrações de não ser o que nos é esperado ser, na vida.
Isto foi feito em bares; onde jovens e menos jovens se reúnem para celebrar a poesia em despiques, nas ruas; onde se abraça a diferença através de performances de diferentes culturas e na igreja; através de uma noite inspiradora, ao estilo das TED-talks.

O que se recebe de volta desses eventos?

Ao nos conectarmos com pessoas diferentes e ao nos apercebermos que enfrentamos os mesmos desafios, a nossa auto-estima aumenta e tornamo-nos mais conscientes de uma realidade: Temos que cuidar bem de nós.
Abraços, lágrimas e risos são altamente recomendados, já que nestes eventos, as emoções surgem facilmente.

O que se faz afinal em Dublin no Ano Novo?

Aqui vos deixo as minhas dicas e espero que vos inspirem a tentar algo de novo no próximo ano novo.

1. DESCUBRA A CIDADE DE DUBLIN

Visite museus, galerias o castelo de Dublin e, claro, a Guinness Storehouse, onde eu aprendi como se deve servir (como deve ser) uma guinness 😉

Junte-se à visita guiada de ‘Northside’ onde o historiador Pat Liddy fala-nos dos costumes e festas de Ano Novo do passado enquanto caminhamos pelo bairro mais elegante da capital, no séculos 17 e 18.

Aqui vai uma dica do passado para aqueles que são solteiros: poderão colocar raminhos de visco sob a almofada para que o ano novo lhe traga esposas ou maridos futuros;).

2. FESTAS, MÚSICA E PERFORMANCES AO VIVO

Para os amantes de música ao vivo não faltará escolha.

Three Countdown Concert
Assisti aos magnificos Fatboy Slim, Ryan Sheridan e The Coronas no 3 Arena de Dublin. A Arena era enorme, mas o local estava bem organizado e conseguíamos facilmente caminhar por entre as multidões. Os menores de 16 anos podem entrar desde que acompanhados de um adulto. Bilhetes de pé custavam € 34,50 e os bilhetes sentados € 39,50 inc taxa de reserva.

Assista ao concerto de Ano Novo da Orquestra de Dublin.

Divirta-se com as performances ao vivo dos artistas na O’Connell Street.

(Também participei na tentativa de recorde mundial da maior Sessão Bodhran do mundo e conseguimos! O bodhran é uma espécie de tambor da Irlanda, que produz um som único, bastante viciante;))

Surpreenda-se com o Poetry Slam no clube do Trabalhador no Temple Bar, onde os melhores poetas da Irlanda competem, com a sua alta energia e palavras inspiradoras. O público, em seguida, vota seu favorito. Os aplausos aqui fazem-se, estalando os dedos…

#poetryslam brilliant experience! #lovedublin #nyfdublin

Um vídeo publicado por Ana Sofia (@frommadeiratomars) a

3. RESOLUÇÕES DE ANO NOVO
Participe no ‘Resolution Day’, que acontece em vários locais por toda a cidade, com foco na diversão, Fitness, Saúde e Bem-estar mental.
Na Catedral de Christchurch adorei a noite de palestras ao estilo ‘TED-talks’. Celebridades Irlandesas compartilharam as suas jornadas de saúde mental pessoais, inspirando o público a procurar o bem-estar coletivo.

4. CELEBRAÇÕES EM RESTAURANTES
Aprecia um jantar festivo? Gostei imenso do jantar no Eden Bar & Grill, localizado no coração do Bairro Criativo de Dublin. O restaurante tinha uma atmosfera festiva mas romântica e a comida estava ótima!

Na Brasserie Sixty6 tivemos um bom almoço, ao som das músicas do DJ Jay Smith. Houve também um dueto de dança: Azaria Starfire (Disco Diva) e Tom O’Donnell (O’Donnell Dance) que me ensinaram algumas dicas de dança ao estilo dos 80’s;).

Today the #nyfdublin party started with a disco lunch 🙂 #lovedublin

Um vídeo publicado por Ana Sofia (@frommadeiratomars) a

5. ACTIVIDADES AO AR LIVRE
Para uma lufada de ar fresco, vá para fora da cidade até à encantadora aldeia costeira de Howth. Dê um passeio pelo porto e visite um dos muitos cafés, bares e restaurantes à beira-mar.
Veja o espetáculo chamado ‘Luminosity’ perto de Green South St Stephen. Este é um dos destaques do festival, onde uma fachada de um edifício é iluminada por projeções de luz 3D para contar uma história sobre Dublin.

Luminosity #lovedublin #nyfdublin

Um vídeo publicado por Ana Sofia (@frommadeiratomars) a

6.ACTIVIDADES EM FAMÍLIA

Acenda uma lanterna e participe na ‘Procissão mágica da luz’ através das ruas de Dublin, cheias de música e artistas ao longo do caminho.



O contador de histórias Paul Timoney criou um workshop chamado “Olá Eu’ para crianças de 6-12 anos. Este workshop fala sobre os temas explorados no filme Inside Out. que explora as emoções humanas. O objetivo é incentivar as crianças a aprenderem a se expressarem verbalmente ou através de meios criativos.
Os bilhetes são € 10

Junte-se a atividades para a família Museu Nacional de Dublin.

Onde ficar?
Ficamos no Buswell Hotel em Molesworth Street, Dublin. Um hotel charmoso, romantico e com excelente serviço. Marque aqui.

Deslocar-se em Dublin?
Pode descarregar a app Lynk no seu telefone e chamar, pré-reservar ou acompanhar um motorista de táxi profissional. Nós utilizamos e recomendo.

Como ir para Dublin?
Voamos com a Air Lingus desde Lisboa. Custo: por volta de €100 ida e volta se marcado com a devida antecedência.

A minha estadia em Dublin foi cortesia da VisitDublin and TourismIreland mas as opiniões expressas são da minha autoria.

Filed under: Eventos e Festivais

by

Hi! I'm Sofia and my blog talks about the Island where why was born and live, MADEIRA, and the travels that make me enjoy life, in an endless journey to discover the world until (one day, who knows) I get to visit Mars. Welcome :)

2 Comments

    • Hi Demetrius, Christmas and New Year in Madeira and Dublin are two completely different experiences. It depends on what you’re looking for and budget of course. If you can, try both :).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.