Porto Santo
Leave a comment

3 dias na ilha do Porto Santo | Itinerário para toda a Família

Porto Santo

3 dias na ilha do Porto Santo | Itinerário para toda a Família

Na Páscoa, fomos para a ilha do Porto Santo passar alguns dias. Queríamos um destino perto, que nos afastasse do computador e nos oferecesse ar livre. A ilha do Porto Santo satisfez plenamente.





O Porto Santo é um destino paradisíaco. Tem uma paisagem pura e bonita, e assim que metemos o pé na areia ficamos apaixonados. É tão suave e dourada! As cores do mar são vivas, com milhares de tons de azul, quase hipnotizantes. É um destino tranquilo, perfeito para famílias que procuram relaxar na praia, jogar golfe, mergulhar, fazer caminhadas, aproveitar o estilo de vida local ou todas as opções acima.

Como visitar a Ilha do Porto Santo?

De barco da Madeira ou de avião.

No momento, haviam voos diretos para a Ilha do Porto Santo da Madeira, Lisboa, Milão e Copenhaga.

Como é o clima na Ilha do Porto Santo?

É geralmente ameno, com temperaturas médias de 18,5ºC, no entanto pode ser instável e ter um pouco de chuva ou nuvens, entre dias de sol mais que perfeitos. Tivemos muita sorte em abril pois recebemos 3 dias completos de sol.

3 dias na ilha do Porto Santo | Itinerário para a Família

Dia 1 ⇒ O barco partiu do Funchal às 8 da manhã e chegou por volta das 10:20 da manhã à Ilha do Porto Santo. Nós caminhamos até ao centro da cidade e fizemos o check-in no hotel – demoramos cerca de 35 minutos a pé para chegar ao Hotel Praia Dourada. O hotel é simples, mas muito simpático. Tem uma localização central (não é preciso carro). A equipa é prestável, o pequeno-almoço está incluído (fruta fresca), e tem um solário com piscina. A destacar: No dia do check-out, é possível tomar duche no hotel antes de ir para o barco.

Fomos diretos para a praia e almoçamos junto ao mar. Vale a pena provar iguarias locais como o gaiado de escabeche, polvo e o atum.

 Voltamos depois para o hotel para descansar / desfrutar da piscina ou ler um livro nas espreguiçadeiras. Há também uma mesa de pingue-pongue que manteve as crianças entretidas. Terminámos a tarde com o típico gelado do Porto Santo – “Lambeca”.

 À noite, fomos até ao cais e jantamos numa pizzaria lá perto. Estava uma linda noite de lua cheia.


Dia 2 ⇒ Após o pequeno-almoço, decidimos explorar o mercado local de artesanato, em frente à igreja, onde encontrei este postal da Loja do Profeta, com os elementos icónicos do Porto Santo. . Amei!

De seguida, alugamos algumas bicicletas (perto do Hotel Torre Praia) para explorar um pouco da ilha. Os preços rondam os 3 € por hora / por bicicleta, mas é mais barato se alugar por 24h. Fomos até a Calheta e voltamos ao Aparthotel Luamar, pois há uma loja do outro lado da rua onde pode devolver as bicicletas (só alugamos por uma hora). Passamos a manhã na praia, a desfrutar da areia morna, das ondas e do sol.

Ao almoço, provamos o famoso prego no João do Cabeço.

Passamos a tarde na praia. Fizemos uma longa caminhada de volta ao hotel, admirando a paisagem entre conversas soltas.

 Paramos num bar da praia para comer alguns camarões e bolo do caco e, em seguida, continuamos a nossa caminhada de volta para o hotel. Ao jantar, escolhemos “O Forno” famoso pelos seus frangos!


Dia 3 ⇒ Começámos a manhã com uma caminhada até à Capela da Graça, onde começa o trilho PR3 (fica a cerca de 25 minutos a pé do hotel).

O trilho PR3 tem duas opções, uma para a Camacha e outra para o Ribeiro Formoso. Escolhemos a opção mais curta, de 2,9 km, até à Camacha.

A caminhada é fácil de seguir, e as vistas são fantásticas. Há partes onde andamos por entre  enormes catos e outras com vistas largas sobre a praia.

Adoramos a caminhada, especialmente porque oferece diferentes perspectivas da ilha, todas belas únicas. Pico Castelo, Capela da Graça, belas árvores e flores. Vimos também alguns caracóis.

Demorámos cerca de uma hora a completar esta caminhada desde a Capela da Graça até à Camacha.

Terminamos num bar local onde chamamos um táxi para nos levar de volta à Calheta, onde fomos nadar e almoçar. A Calheta tem as mais belas formações rochosas e as crianças ficaram muito entretidas a explorar a área.

Caminhei de volta para o hotel, com meu filho mais velho. Tivemos oportunidade de ver a bebé foca-monge que recentemente foi notícia! Aparentemente, vem descansar na praia durante o dia e vai caçar comida durante a noite. Há uma grande área de segurança, e alguns guardas da natureza certificam-se de que não é perturbada. Oh, que presente poder ver esta linda criatura. Espero que ela continue a crescer cada vez mais forte! Hora de ir para casa … banhos tomados e malas prontas a tempo de uma última lambeca! Apanhamos o autocarro local até ao porto e apreciamos as vistas da nossa ilha, de volta a casa.


Com um belo pôr-do-sol e almas rejuvenescidas, estamos de volta à escola e ao trabalho.

Obrigada, Porto Santo! ♥

Filed under: Porto Santo

by

Hi! I'm Sofia and my blog talks about the Island where why was born and live, MADEIRA, and the travels that make me enjoy life, in an endless journey to discover the world until (one day, who knows) I get to visit Mars. Welcome :)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.