Travel to Portugal, Travel with friends
comments 2

Um fim de semana no Porto com amigos

– Onde é que vamos este ano?
Foi assim que começou esta viagem…

Depois de Madrid o ano passado, ficou-nos o vício:
– Um fim de semana para as amigas, uma vez por ano!

As hipóteses eram: Edimburgo ou Praga, mas Portugal falou mais alto e escolhemos a cidade do Porto.
E assim foi…

Onde ficamos no Porto

Ficamos no Gallery Hostel, na Rua Miguel Bombarda. Esta é uma rua cheia de galerias de arte, lojas alternativas e cafés simpáticos.
Fica também a poucos minutos a pé dos aliados, não muito longe da zona da ribeira, ao pé do rio. Uma das particularidades deste local é a arte pintada nas ruas e os edifícios históricos com azulejos.
Tem também um “centro comercial mas não é um shopping” o CCBombarda, com restaurantes com preços acessíveis e lojas criativas.
O Gallery Hostel é excelente os quartos são giros, espaçosos e as casas de banho também. Tem uma zona social muito agradável e o pequeno almoço está incluido. Fazem também jantares por 10 € com bebidas incluídas.



O que fizemos no Porto

Na primeira noite fomos ao Restaurante Cruel por recomendação de uma amiga. “ A vida pode ser cruel, coma e esqueça” é o lema deste local cuja comida é simplesmente divinal… Para entrada provamos Carpaccio de novilho com pesto e flor elétrica – a flor adormece a lingua por alguns segundos mas intensifica o paladar. Provamos também um risoto em alucinação de cogumelos com lascas de atum que vieram para a mesa “alucinadas” (ou seja em movimento) – este foi o prato de eleição da noite! Para sobremesa deliciamo-nos com espuma de baba de camelo com maçã caramelizada e amêndoas merengadas – perfeita. Depois lá fomos dar o nosso pé de dança ao som da Rádio por sugestão de outro amigo. Fica na Praça Dona Filipa de Lencastre, num antigo cabaret do Porto. Tem uma zona para conversar e uma pista onde se dança ‘à séria’ músicas do nosso tempo (anos 90) no entanto, ouvimos também muitos temas mais recentes. Ficamos contentes por ver pessoas de todas as idades, descontraídas e frontais, sempre com muito estilo – como só o Porto sabe ter.

No Sábado passamos o dia a passear pela baixa, fomos à Rua das Flores (onde assistimos à entrada de uma noiva na Igreja da Misericórdia), fomos à Ribeira e atravessamos a ponte D. Luís até Gaia.



Os dias estavam incrivelmente belos, cheios de sol e quando o Porto brilha sente-se cá dentro.







No Domingo passeamos muito a pé. Fomos à casa da Música, à Fundação Serralves e acabamos com uma vista fenomenal sobre a cidade no Palácio de Cristal.



O Porto está lindo, cheio de vida e de diferentes culturas à procura da autenticidade desta cidade.


Tentamos apanhar o eléctrico até à foz, era tão lindo no seu estilo vintage mas estava apinhado de turistas e acabamos por desistir.
Fomos até à Foz mais tarde, onde jantamos no Restaurante Cafeína, come-se muito bem num ambiente intimista e requintado.
A noite terminou na Casa do Livro, o espaço dos livros e da música intemporal.

Outras coisas que fizemos no Porto…
Rir bem alto com esta música que o nosso taxista fez questão de nos oferecer…
Apercebermo-nos que as letras das canções que sabemos melhor são as que os nossos filhos cantam…
Surpreendermo-nos com a nossa capacidade de nos sentirmos “novas” e “velhas” no mesmo fim‑de‑semana…
Redescobrimos que a vida é curta e amizade não tem preço…

email

2 Comments

Deixe uma resposta