Year: 2018

As noites dos L estão de volta à Ponta do Sol!

Os Concertos L regressam à Estalagem da Ponta do Sol! Este Festival de Música Independente celebra-se oficialmente há 10 anos, apesar de, até bem antes disso, já se fazerem pequenos ciclos de concertos. Pessoalmente, recordo com muita emoção, os concertos que tive oportunidade de assistir. Fico sempre, agradavelmente, impressionada com o ambiente que aqui se vive…o culto, a descontração e o som que ecoa no vento, no mar e no anfiteatro perfeito que é a Ponta do Sol. Porque devem ir a estes concertos? O Nuno Barcelos, responsável por este festival, deu-nos as respostas:   Concertos L. L porquê?  O nome Concertos L apareceu de um conceito já existente na Estalagem da Ponta do Sol, a L – Community (comunidade de membros da estalagem). L vem de Lifestyle, Leisure, entre outros… O que mais gostas neste Festival? Da liberdade artística, do seu público e do local onde decorre… O não depender de marcas, patrocínios ou modas, permite criar uma programação livre de pressões de qualquer índole, e trazer algo diferente e inovador… Do seu público, porque temos o melhor público …

Onde ver os jogos do Mundial no Funchal?

Hoje, Portugal está nos oitavos do Mundial 2018! E ainda aqui vamos…:)  Se procura lugar para ver os jogos do Mundial, no Funchal, aqui ficam 10 sugestões para acompanhar este Campeonato do Mundo. Seja em um ou vários écrans, em praças públicas ou bares discretos, com “dentinhos”, cervejas, ponchas ou brisa maracujá, o que importa é apoiar a nossa seleção. Vamos lá Portugal! 1. Praça do Mundial – Largo da Restauração Se gosta de ver jogos do Mundial em praças públicas e sentir a adrenalina da multidão, a vibrar com cada pontapé de canto, este é o local ideal. Bem no centro da cidade, mais precisamente no Largo da Restauração, o écran é gigante e há comes e bebes nas barraquinhas e bares, que rodeiam este pequeno mundo de aficionados. Leve o cachecol, a bandeira, a camisola do Ronaldo e a vuvuzela. Vale tudo! 2. Museu Café – Praça do Município O Museu Café abriu as suas portas ao Mundial. A lotação é de cerca de 30 lugares sentados à mesa, mas colocam tapetes na relva …

Design Centre Nini Andrade Silva

Sobre o Empreendedorismo…

No mês passado, passei uma das manhãs mais interessantes dos últimos tempos. À conversa num círculo de mulheres, tive o prazer de participar num debate organizado pelo Departamento de Economia e Cultura da Câmara Municipal do Funchal, através da Biblioteca Municipal do Funchal, com o intuito de promover a cultura empreendedora, intitulado: Empreender + “Conversando sobre Empreendedorismo”. Ouvi tantos testemunhos inspiradores, que me fez sentido juntar, neste artigo, alguns dos conselhos partilhados: 1- Não escolham um curso, apenas e somente, porque “tem saída”… 2- “Batam à porta até que ela se abra”. Pratiquem a persistência, a gratidão e a humildade. É preciso agarrar as oportunidades que surgem, ou fazê-las surgir. Por vezes, demora muito tempo, a recompensa não é imediata! 3- Usem bem o vosso tempo. Trabalhar e dar o melhor de nós, sem queixas ou preguiça. 4- Não há falhanços, há simplesmente novos caminhos (imprevisíveis) de chegar à meta. 5- Lutem contra o medo. Não pensem só no que pode dar errado…também aprendemos com a tentativa (e erros). 6- Cultivem-se! Nunca parem de aprender, …

VOOS DIRETOS DA MADEIRA

Voos diretos da Madeira – Para…?

Hoje falava com uma amiga, sobre os destinos com voos diretos da Madeira. Afinal, quais são os destinos que podemos visitar a partir da Ilha da Madeira, sem ter que fazer escala em Lisboa ou no Porto (ou outra cidade qualquer). Por vezes, torna-se difícil sair da Ilha para novos destinos, devido a esta limitação das escalas. Sobretudo quando viajamos com crianças, o conforto de um voo direto conta muito. Além disso, o tempo escasseia e não queremos perder dias em trânsito, nos aeroportos. Preparei esta tabela, com todos os destinos com voos diretos do Aeroporto da Madeira. Espero que vos ajude a viajar mais rapidamente. Podem consultar aqui a lista de companhias aéreas para cada destino.     Se procura também alojamento, veja as melhores promoções de hotéis e apartamentos no Booking. Booking.com

Milho Cozido, à moda da Madeira, ou da minha mãe :)

Milho Cozido é um prato típico da Ilha da Madeira. É frequentemente encontrado nos restaurantes da região, frito em forma de cubos, como acompanhamento da carne ou peixe. Há quem o compare à Polenta, um prato típico da culinária italiana. Segundo o Elucidário Madeirense, do Padre Fernando Augusto da Silva e Carlos Menezes: “A papa da farinha de milho constitui a base de alimentação de dois terços da população madeirense”. “A cultura do milho é antiga na Madeira, mas foi em 1847 que Laureano da Câmara Falcão, mais conhecido por morgado da Ilha, a desenvolveu nas freguesias de Santana e São Jorge.” “…,e para animar a cultura do milho entre nós, apareceu a lei de 22 de Julho de 1853, que isentou o pagamento dos dízimos do que fosse produzido na terra.” Este prato de papa de milho mantém-se ainda nos nossos dias, e é uma delícia. Aqui fica a receita lá de casa e o vídeo: IMG_1807.TRIM  

Procura um Hotel para crianças na Madeira? Descubra a Vila Porto Mare!

Procura um Hotel para crianças na Madeira? Descubra a Vila Porto Mare! Nas férias, fui passar uns dias com a minha família ao Hotel Porto Mare. O objetivo era muito simples: descanso, conforto, ar livre, boa comida e diversão. Não estávamos propriamente interessados em sair do hotel. Procurávamos um Resort que nos oferecesse essa possibilidade, na Madeira. Encontramos a resposta ao nosso pedido, no Funchal, na Vila Porto Mare. “A Vila Porto Mare reúne três hotéis: Éden Mar, Porto Mare e The Residence. Todas as facilidades são comuns, independentemente do hotel onde ficar alojado. Tem acesso a 13 000 m2 de jardins tropicais, vários restaurantes, bares, Spa, diversas piscinas (inclusive piscinas aquecidas e para crianças), ginásio, Kids Club e desportos variados.” Localização da Vila Porto Mare A Vila Porto Mare fica localizada na zona costeira do Funchal. Nas proximidades, encontra vários restaurantes, bares, complexos balneares com acesso ao mar, uma longa promenade que permite aceder à Praia Formosa, um grande centro comercial e vários transportes públicos. Se desejar caminhar até à marina ou à Sé Catedral, demora …

5 maneiras de usar o Bordado Madeira

5 maneiras de usar o Bordado Madeira Cresci com o Bordado Madeira. No vestido da minha primeira comunhão, nas toalhas de mesa do meu aniversário, nos lençóis do berço dos meus filhos. A minha mãe sabe bordar e tentou ensinar-me, mas sem sucesso. Os tempos eram outros e existiam muitas distrações… No entanto, aprendi a valorizar o Bordado Madeira, quando percebi quanto tempo, perícia de mãos e devoção existe na construção de cada peça. Cada ponto tem sua ciência, transmitida de mães para filhas, de bordadeira para bordadeira. Adoro os nomes que dão a cada ponto: os “garanitos” (para as inciantes), os pontos sombra, os caseados, as cavacas, os bastidos, as viúvas entre outros. Tocar numa peça de Bordado Madeira é perceber o que significa tradição. É a suavidade do algodão ou do linho e a delicadeza de cada linha puxada por uma agulha trabalhada com saliva e suor. Ser bordadeira foi em tempos o sustento de grande parte das mulheres madeirenses. Não é uma profissão para qualquer um, exige tenacidade, concentração, perfeição e muita …

Visitem Sistelo, a “Aldeia Maravilha de Portugal”!

Visita a Sistelo, a “Aldeia Maravilha de Portugal”! Cá deixo o testemunho da minha última viagem rumo ao Norte de Portugal. “ Atelier de viagem em 4 dias com Raquel Ochoa”  Chego finalmente a Sistelo. Um gato serpenteia as minhas pernas como quem recebe um amigo em casa. As ovelhas aproximam-se do Largo do ilustre Visconde de Sistelo e olham-me curiosas, como que a posar para a fotografia. Com cerca de 3 centenas de habitantes, não há ali “bom dia” que fique por dizer ou história por relembrar. No bar endireitam-se as cadeiras já encostadas pela chuva. A vizinha do lado abre a porta com um bom dia estridente. Bom dia não seria, certamente, porque está tudo fustigado pela chuva, mas a alegria da chegada do nosso grupo, enche de esperança o dia. Até o sol parece romper as nuvens, ainda que por alguns segundos. Ao caminhar pelas ruas, vejo logo os espigueiros ou canastros, religiosamente alinhados, como soldados cumpridores da sua missão. Guardam os cereais da aldeia, o feijão “tarrestre” e o milho. Acusam a passagem dos anos, …

Uma noite no WC Beautique Hotel

WC by The Beautique Hotels Fascinam-me as pessoas que arriscam novas ideias. A primeira vez, o primeiro conceito e neste caso, o primeiro hotel que… Nini Andrade Silva “não segue tendências, cria-as” e foi a designer que arriscou esta brilhante ideia. Felizmente para nós, a cadeia de hotéis Beautique Hotels abraçou este projeto, desprovido de preconceitos. Já alguma vez considerou dormir no W.C. Beautique Hotel? Fui descobri-lo a Lisboa. Fica situado no Intendente, o bairro da moda. Se este bairro é uma tendência em Lisboa, o WC Beautique Hotel é um criador de tendências! Este é o primeiro e único hotel inspirado numa casa de banho de luxo! Como foi dormir no WC Beautique Hotel ? Posso dizer-vos que foi muito bom e que dormi lindamente. A banheira, mesmo aos pés da cama, fez-me recordar os prazeres de um banho demorado. Os azulejos cor de água nas paredes conjugados com as cortinas de veludo e o candeeiro inox em forma de gota de água formam um conjunto fenomenal. O chuveiro, a sanita, a pia e o duche fazem …

Sopa de Tomate e Cebola | Madeira – A receita da minha mãe.

“É domingo à tarde e o fim de semana está praticamente acabado. Há uma tonelada de trabalho à sua espera na manhã seguinte e o derradeiro desejo é que a segunda-feira não chegue.” Soa-lhe algo familiar? Anos seguidos, tentei encontrar estratégias para superar os “blues” de domingo à tarde. Ir ao cinema, fazer caminhadas, ir à praia, ler, visitar amigos, ver o por do sol num belo local ou jogar cartas a tarde toda (cito apenas algumas delas). Hoje em dia, as noites de domingo têm outro sabor e poucas são as coisas, que me demovem do segredo que estou prestes a revelar. É reconfortante para a alma e traz-me boas lembranças…A minha infância, eu e os meus irmãos, sentados na cozinha. Os amigos que costumavam ir lá a casa almoçar. A minha tia Maria e a varinha mágica junto ao fogão. As minhas primeiras lágrimas a cortar cebolas. Os meus filhos contentes por estarem sentados à mesa ( coisa rara). A felicidade dos meus pais a olharem para eles. Não, não é super excitante ou aventureiro, mas é algo …