Month: fevereiro 2016

cruzes

Os ‘segredos’ do Funchal – São Pedro

Apesar de estarem à vista de todos, por vezes o Funchal surpreende-nos com revelações inesperadas. “Segredos” por desvendar, que não são segredo nenhum, são apenas descobertas que vou fazendo pela nossa cidade e que venho aqui partilhar. Espero que vos inspirem a descobrir quais são os vossos “sítios secretos” no Funchal. Localização: São Pedro Imaginem um bairro no centro da cidade com ruelas estreitas e íngremes que correm em direção ao mar. Foi no século XV, que as famílias madeirenses começaram a viver nesta área, afastando-se de Santa Maria do Calhau, hoje conhecida por Zona Velha. As casas deste bairro têm tapassóis de madeira, muros com cores quentes e pequenos jardins com buganvílias e flores trepadeiras. Aqui sente-se o silêncio, por vezes interrompido pelas vozes que ecoam das casas e das televisões. É aqui que eu vivo, no ‘meu bairro’; São Pedro. Para mim, esta zona tem um encanto especial. Faz-me lembrar as ruas da minha infância, onde andava sempre a pé, de casa à escola, retida nos meus pensamentos, a dizer olá às sras …

Hotel Quinta da Serra – uma história de amor

Hotel Quinta da Serra – uma história de Amor No passado dia 14 de Fevereiro, fui conhecer o Hotel Quinta da Serra, um convite a relaxar e a renovar energias. Estava também muito curiosa por experimentar o seu restaurante, Greenvalley, que para além de ser liderado pelo Chef Yves Gautier, foi o primeiro restaurante em Portugal (sim, em todo o país), a ter certificação de Restauração Biológica – nível Bronze (30% a 60% orgânico). Este hotel aloja também a árvore mais alta da Madeira, com mais de 64 metros de altura. É um impressionante eucalipto que se encontra à entrada da Quinta e que se supõe que tenha mais de 200 anos de idade, associado a uma lenda de amor…;) Localização Localizado a 820 metros de altitude, no Estreito Câmara de Lobos. Este Hotel de 5 estrelas, tem um charme muito próprio, rodeado por um ambiente exclusivo das quintas antigas madeirenses, em belíssima comunhão com a natureza. Para lá chegar, ao passar junto à Igreja do Estreito Câmara de Lobos segue-se em frente, seguindo as …

Madeira

19 sinais que indicam que és da Madeira

A propósito desta publicação que encontrei, há tempos, desafiaram-me a escrever sobre os: 19 sinais que indicam que és da Madeira: 1. Adoras o mar e não consegues viver sem ele. 2. Se te perguntam qual é a melhor praia do Mundo? A do Porto Santo, sem sombra de dúvida. 3. Também não há dúvidas que a Ilha da Madeira é a mais bonita do Mundo, e só depois os Açores.;) 4. Vibras com os Arraias, música, ‘vinho com laranjada’ e bolo do caco com manteiga de alho. 5. Sair à noite, significa sair para tomar um copo, de preferência a partir das 11h da noite, que a vida nocturna começa tarde e acaba de madrugada. 6. A palavra ‘Poncha’ faz-te sorrir. 7. Adoras o Natal, em especial a noite do Mercado e as Missas do Parto. 8. Adoras o Carnaval e a Festa da Flôr. É muito provável que já tenhas desfilado nas ruas do Funchal. 9. A melhor passagem de Ano é na Madeira, de certeza. 10. Adoras viajar e a emigração faz …

Passagem de Ano Novo em Dublin

A passagem do ano 2015 foi celebrada em Dublin. Ao escolher Dublin, procurava um novo destino e diferentes formas de celebrar o Ano Novo. Queria explorar uma cidade onde as festividades da passagem de ano não se resumissem à contagem regressiva da meia-noite e ao fogo de artifício. Procurava algo que me inspirasse a começar o ano novo com um propósito. Encontrei-o em Dublin. Dublin é, não só, uma bela cidade com bares acolhedores, concertos de música ao vivo e pessoas simpáticas, mas também, uma cidade inspiradora pela sua história, inovação e forma como capta o nosso estado emocional. Devo dizer que, ao assistir a algumas das festividades de Dublin no Ano Novo, tal como ‘Poetry Slam’ e o ‘Dia da resolução’, alterei a minha consciência sobre saúde mental. Fazer da saúde mental uma prioridade, tornou-se a minha nova resolução para 2016. O que é que o Ano Novo tem a ver com isso? Em Dublin, as associações locais estão a trabalhar, em proximidade com os organizadores das festividades, para incluir a sensibilização da saúde …

Relaxar num retiro Ayurvédico na Madeira

Relaxar num retiro Ayurvédico na Madeira Relaxar e recuperar de doenças: um dos primeiros motivos pelos quais o turismo cresceu na Madeira. Os primeiros turistas visitavam-nos para escapar dos Invernos tempestuosos, aproveitar os benefícios das paisagens naturais, da comida saudável e da boa hospitalidade. Fiquei muito feliz ao descobrir que a tradição mantém-se no Centro de Cura Ayurveda na Madeira. Muitos turistas voltam, ano após ano, às vezes até 3 vezes por ano, para recuperar do stress, de problemas de saúde ou simplesmente para fazer umas férias de relaxamento. Isto é que é vida, ou como se poderia facilmente concluir, depois de lá estar, estas é que são férias. A experiência Janeiro passado, passei um dia no Centro de Cura Ayurveda no Caniço, a convite da a encantadora Nathalie e da sua mãe Brigit que dirige este centro, há 4 anos. Está localizado no Caniço de Baixo, junto ao Hotel Alpino, na Ilha da Madeira. O objetivo deste centro é promover cuidados de saúde, tirando partido de programas de tratamento Ayurvédicos que são adaptados às …

Vegetarian

10 Restaurantes com comida vegetariana na Madeira

“Olá, eu sou vegetariana e gostaria de saber onde posso encontrar restaurantes vegetarianos na Madeira? Esta é uma pergunta que me fazem com frequência e embora não existam muitos restaurantes exclusivamente vegetarianos na Madeira, temos excelentes legumes e frutas, devido ao nosso clima e solo fértil. Tenho a certeza que conseguimos também oferecer a quem nos visita ( e não só) pratos vegetarianos surpreendentes. Qual é a diferença entre um vegetariano e um vegano? Nem os veganos, nem vegetarianos comem carne. No entanto, enquanto que os vegetarianos podem consumir laticínios e ovos, um vegan exclui todos os produtos de origem animal da sua dieta. É bom saber… Embora um dos pratos mais típicos da Ilha seja feito com carne de vaca ‘espetada’ irá também encontrar em qualquer restaurante típico madeirense, milho frito, batata-doce / batata, arroz, vegetais, sopa de tomate e cebola ( a minha sopa favorita) , saladas ( temos sempre tomate, alface, pepino e cebola como acompanhamento), bolo do caco (pão típico da Madeira que pode ser recheado com o que quiser) e …