Month: janeiro 2016

Sonhos Receita

“Sonhos” à moda da minha Mãe

Sonhos à moda da minha Mãe Os sonhos são um dos doces tradicionais do Carnaval na Madeira. Aqui partilho a sua receita. Ingredientes: 1 chávena de farinha (125 gr) 1 chávena de leite (250 ml) 1 colher de café de Sal 1 colher de café de açúcar 2 cascas de limão 1 pau de canela 1 colher de sobremesa de manteiga 3 ovos 1 colher de chá de fermento (Pó Royal) Modo de Preparação: Numa panela deite o leite, o sal, o açúcar, as cascas de limão, a canela e leve a ferver. No final junte a manteiga. De seguida, deste neste preparado a farinha (peneirada) com o pó royal, mexa bem e reserve. Logo que arrefeça, bata bem a massa juntando os ovos, um de cada vez. Modo de Cozer: Numa panela deite óleo até perfazer uma altura de 6-8 cm. Aqueça e quando estiver quente junte uma colher de sopa da massa. Assim que começar a fervilhar e a vir à superfície, pode deitar uma a uma as colheradas de massa. Tente manter …

Madeira Map

Mapa ilustrado da Madeira para crianças!

Neste Mapa ilustrado da Madeira partilho 20 dicas divertidas para desfrutar das suas férias na Madeira com crianças. Nota: O texto está escrito em Inglês. Mapa da Madeira Ilustrado – Hoje, o Google Maps é uma das ferramentas mais utilizadas para encontrar o destino desejado. Os mapas de papel são relegados a uma decoração, um papel de embrulho, ou para uma minoria, que tal como eu, gosta mapas em papel. Foi assim que eu comecei a viajar e a encontrar o meu caminho em cidades desconhecidas. Adorava chegar ao destino sozinha, de mapa na mão. Julgo que quão mais virtuais as nossas vidas se tornam mais precisamos e apreciamos o que é natural e físico. É um pouco como os livros; ebooks são mais convenientes, ocupam menos espaço em nossas casas e pesam menos na bagagem, mas nada se compara ao prazer de cheirar um novo livro e virar as suas páginas. Felizmente, o mundo do design continua a produzir belas ilustrações e então decidi criar um mapa ilustrado da Madeira. Com a ajuda da …

Sobre a simplicidade da Felicidade…

Sobre a simplicidade da felicidade… Nunca se falou tanto sobre felicidade. Coaching, mindfulness e livros de auto-ajuda crescem a olhos vistos, nas montras das livrarias das cidades. Cresce, também, a busca incansável de sermos felizes a tempo inteiro, como se isso fosse uma carta do baralho do jogo que é a vida. Se há uma coisa que a minha viagem à Índia me mostrou é que a felicidade pode ser simples, clara e descomplicada, mas que as nossas civilizações ocidentais, (ditas evoluídas) se calhar tornam complexo. Lá, ser feliz é ter um teto para dormir, comida para sobreviver, saúde e paz. O contrário é ser infeliz. Isto não se aprende na escola, nem na Universidade, vê-se na rua, nos olhares, no sentir. Poder dormir uma sesta em paz depois do almoço, não ter calor nem frio, poder beber água, sem apanhar doenças, poder tomar banho de chuveiro e não às garrafadas, poder lavar os dentes com água da torneira, ter fruta e vegetais frescos, estar com a família, poder sustentar os filhos, ter saúde. Quando …

Diga SIM a Atenas!

Este ano, quando planear as suas próximas férias, diga SIM a Atenas. Atenas é inspiradora de tantas formas … pessoas simpáticas, edifícios coloridos, ruas pedonais, comida incrível e claro, histórias magníficas para contar. Além disso, faz bom tempo, não é muito caro e há muito para explorar. Para servir de inspiração, deixo-vos com alguns momentos atenienses: 1. Calce os seus sapatos mais confortáveis e explore cada bairro de Atenas. Desde o colorido Plaka com casas antigas e monumentos até Kolonaki com lojas luxuosas, e inúmeros restaurantes e cafés, para ver e ser visto. 2. Admire a Acrópole, a antiga cidade construída sobre uma colina. Sinta a história, a beleza e imagine o que seria viver há 500 aC (vá cedo, antes das multidões). 3. Descubra Anafiotika, a jóia escondida de Atenas e um dos meus bairros favoritos da cidade. Inspirada em Anafi, uma pequena ilha a leste de Santorini, com belos jardins, casas caiadas de branco com janelas azuis e muitos gatos ao longo de ruas estreitas, sob a Acrópole. 4. Aprecie a arte de …