Year: 2016

7 Superstições do Ano Novo na Madeira

Se eu viesse à Madeira, pela primeira vez, na passagem de ano, estaria em êxtase! Porquê? Posso citar o galardoado espetáculo de fogo-de-artifício, a hospitalidade madeirense, a beleza da baía do Funchal, os magníficos navios atracados no porto, as luzes de Natal, as festas, os concertos de música entre outras coisas… É algo tão especial, que nenhuma descrição poderá fazer-lhe justiça. Tens que cá vir… Neste artigo, partilho algumas superstições divertidas, da passagem de ano na Madeira. Se quiseres adicionar outra sugestão nos comentários, partilha por favor. 1. Ligar as luzes de casa e abrir todas as janelas. Lembro-me de ser miúda e de a minha mãe fazer este ritual. Ela dizia-me que faria a baía do Funchal ainda mais bonita e que assim o novo ano poderia entrar melhor na casa. Seja qual for a verdadeira razão, não há dúvida de que a baía do Funchal fica mais brilhante do que nunca… 2. Comprar fogo-de-artifício. Há uma grande tradição na passagem de ano: comprar foguetes, bombas e estrelinhas em lojas locais. As pessoas costumam …

5 Lapinhas Madeirenses, vais adorar!

“Em parte alguma do mundo, talvez, celebrem e gozem tanto a Festa, e sintam por ela tanto entusiasmo e alegria como na Madeira. São dias de vivo regozijo, de contentamento interior, religioso e místico.” Manuel Ribeiro Voltei da Costa Brava na semana passada e foi uma enorme satisfação chegar à Madeira e sentir o Natal. Chamamos-lhe“Festa” já que esta sim, é a verdadeira festa para os Madeirenses. Percorri as barraquinhas da Avenida Arriaga, alegrei-me com as iluminações de Natal deste ano (que adoro), ouvi música na placa central, fui ao mercado comer carne de vinho e alhos, provei licores e ginja do curral, comi bolo de mel e broas. Estive sempre muito bem acompanhada pela euforia que se bebe, come e respira nesta ilha…tudo é festa, tudo é Natal. Este ano, dediquei também especial atenção, aos presépios ou lapinhas “que ligam as tradições religiosas do Natal à vida e natureza locais”. Foram 5 as lapinhas que visitei e é incrível constatar o trabalho e a dedicação que existe na construção e idealização das mesmas. Além …

Guia de Viagem à Dinamarca para famílias – Legoland!

Finalmente chegamos à Legoland! A excitação era muita e não era para menos… Depois de passarmos anos a brincar com legos, a idealizar casas, carros, pessoas, animais, aviões e mundos imaginários de Lego… estávamos em Billund, onde tudo começou em 1935. A palavra Lego tem origem nas palavras dinamarquesas “leg” e “godt” que em Português significa”brincar bem”. O conceito deste brinquedo é encaixar peças, formando diferentes combinações, estimulando a concentração e criatividade. Foi criado por Ole Kirk Christiansen, um carpinteiro de Billund, que ao nascer o seu primeiro filho, dedicou-se a fabricar brinquedos de madeira e posteriormente de plástico. A principal fábrica de Lego da Europa fica localizada em Billund, e produz cerca de 72 milhões de peças diárias! Aqui encontra-se também o Hotel Legoland e o Parque temático Legoland. Hotel Legoland Chegar ao Hotel LEGOLAND foi uma experiência incrível. Logo à entrada, fomos recebidos por uma comitiva de boas vindas da Star Wars… Este Hotel de 4 estrelas dispensa apresentações. É o Hotel oficial da Marca Lego e tem uma entrada privativa para o parque …

SKAGEN & FARUP SOMMERLAND

Guia de viagem à Dinamarca para famílias – Skagen e Farup Sommerland

Skagen e Farup Sommerland – um guia de viagem à Dinamarca para famílias. – No vosso lugar, estaria muito feliz por ir a Skagen!- disse o nosso taxista quando nos deixou na Europcar. A nossa viagem na Dinamarca continuou assim … Ao deixar Aalborg, tinhamos grandes expectativas acerca da visita ao ponto mais a norte da Dinamarca – Grenen, juntamente com a “cidade da luz à beira mar” – Skagen. Skagen é o principal porto de pesca da Dinamarca, cidade conhecida pelas suas praias, cursos de pintura e um estilo de vida boémio. Tornou-se um destino de férias popular no final do século XIX, pois muitos artistas vinham aqui passar férias, à procura de inspiração. Ficou assim conhecido como um retiro perfeito, rodeado por belas paisagens à beira-mar e por uma luz especial. Há um grande espólio de arte em Skagen. Um dos meus pintores favoritos é Peder Severin Krøyer. Pude admirar algumas das suas obras no Skagen Art Museum, tais como o famoso “Summer Evening em Skagen.” Demoramos cerca de 2h de carro de …

12 coisas para fazer na Madeira num dia chuvoso.

12 coisas para fazer na Madeira num dia chuvoso Estar de férias na Madeira e apanhar um dia de chuva pode ser aborrecido, ou não… Embora esta ilha seja conhecida pelo sol e clima ameno, durante todo o ano, há dias em que a chuva também cai. Por vezes, chove junto ao mar mas acima das nuvens o sol brilha, ou vice-versa. “Não julgue um livro pela sua capa” e tente descobrir onde se esconde o sol nesse dia. Para auxiliá-lo poderá usar este site com câmaras web dispersas pelos principais pontos da Ilha e assim avaliar como está o tempo, nesses locais. Para que possa aproveitar ao máximo a sua estadia na Madeira, criei esta lista de coisas para fazer na Ilha, mesmo quando está a chover:   #1. Visite um Museu – Conheça a cultura local e alimente sua mente. Há pelo menos 20 museus para descobrir na Madeira. Admire as pinturas religiosas flamengas, a escultura e as joias presentes no Museu de Arte Sacra. Visite o Mudas, o museu de arte contemporânea, …

“Encontro com os locais”- Fábio Teixeira, Machico

“Encontro com os locais”- Fábio Teixeira, Machico Acredito que a melhor forma de conhecer um destino é através dos olhos de quem lá vive. Por isso, criei esta rubrica no blog “Encontro com os locais”. O objetivo é mostrar, através de pequenas entrevistas, o destino escolhido. Desta vez, sugiro uma viagem até Machico, com as dicas do Fábio Teixeira, que aqui vive. Conheci-o no meu ginásio,  o Innovation Fitness Lab como Personal Trainer, um bom profissional do qual não tenho nada a apontar e só posso recomendar vivamente. Ao fim de pouco tempo, perdi 3 quilos e 7 % de massa gorda. Valeu bem a pena! Permitam-me que vos apresente o Fábio Teixeira. A tua Biografia: Nasci na Madeira, onde vivi até aos 18 anos. Cresci junto ao mar, em Machico. Fui para a Faculdade do Porto onde conclui a minha formação académica e fui muito feliz! Durante a minha estadia no Porto trabalhei como treinador no Instituto Politécnico do Porto e na Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto. Lecionei Educação Física em algumas escolas e trabalhei na área da …

Aalborg

Guia de viagem à Dinamarca para famílias: Aalborg

Aalborg – arte, vikings, cerveja e amigos. Visitamos Aalborg, no 4º dia e 5º dia da nossa estadia na Dinamarca. Partimos de Aarhus de comboio e a viagem demorou cerca de 1 hora. Aalborg é uma cidade desenvolvida, à beira mar e com muitos atrativos, entre os quais arte urbana. Ao andar pelas ruas, podemos ouvir o tilintar das canecas de cerveja nas esplanadas e ver os bigodes brancos de espuma, desfeitos em sorrisos. As bicicletas estão sempre presentes e as lojas giras também.       Tal como em Aarhus, o Verão serve para gozar a vida ao livre, frequentar esplanadas, assistir a concertos nas praças, relaxar e sentir o bendito sol. Soube-nos muito bem o calor (e a cerveja)! Uma das cervejarias, restaurante e pub  que visitamos chamava-se Sogaards Bryghus. Fica situado numa praça acolhedora ‘C. W. Obels Plads ‘. A fábrica de cerveja fica no subsolo deste local. “Missing Bell Brewpub” é o nome do pub que serve cervejas caseiras que fluem de 24 torneiras originais. O pub tem mobiliário de uma antiga igreja no norte …

Guia de viagem à Dinamarca para famílias – Aarhus

Viagem à Dinamarca – Guia para famílias Parte 1 – Aarhus ‘Um Regresso ao Futuro’.   A palavra Dinamarca suscita sempre grandes emoções. Ao falar sobre este destino com os meus amigos e familiares repetiam-se as seguintes exclamações: – A sério! Adorava visitar a Dinamarca…!” – ‘Xiii…a minha namorada anda sempre a pedir-me para irmos à Dinamarca…depois conta-me como foi!’ Mas qual a grande motivação para visitar a Dinamarca? O que é que este país tem, de tão especial, para provocar tantos suspiros? Veremos… No mês passado, fomos os 4 à Dinamarca. Tinha muita vontade de conhecer a cultura escandinava, as suas rotinas diárias e o seu estilo de vida – esta era a minha motivação. Optamos por não visitar a capital, Copenhaga. Queríamos mesmo conhecer a ‘Dinamarca dos Dinamarqueses’, longe do circuito turístico habitual. O nosso percurso de 9 dias passava por visitar o norte e este da Jutlândia, nomeadamente as cidades de Aarhus, Aalburg, Blokhus, Skagen (o ponto mais a norte da Europa Continental) e Billund (a capital das crianças e claro, da …

Onde encontrar música ao vivo e festivais no Funchal

Onde encontrar música ao vivo e festivais no Funchal Embora o Funchal não seja a cidade cosmopolita típica, onde pode facilmente encontrar uma banda a tocar a cada esquina, aqui apresento uma lista dos meus bares favoritos com música ao vivo e alguns Festivais de verão. Sempre que viajo gosto de descobrir bares escondidos onde tocam bandas locais. Permite-me experienciar a cidade como um local ao partilhar uma experiência autêntica. Há algo de especial na música ao vivo que me faz sentir feliz e ‘no presente’. As minhas piores memórias desaparecem. Resta apenas o poder curativo da música… Um dos pontos altos deste verão na Madeira foi assistir ao festival Nos Summer Opening no Funchal.     Tive a oportunidade de ouvir a voz surpreendente de Skye Edwards! As canções dos Morcheeba acompanham-me desde os tempos da Universidade em Lisboa, por isso sempre que oiço as suas músicas, quentes e psicadélicas, sinto essas boas vibrações. Adoro os sons suaves e as letras sábias desta banda, acompanhadas por uma voz ‘linda de morrer’… Foi realmente uma honra …

25 coisas para fazer na Madeira, este verão.

25 coisas para fazer na Madeira, este verão. Embora tenhamos vivido momentos muito marcantes e dolorosos nestes últimos dias, devido aos  incêndios que invadiram a nossa ilha e o nosso País… é hora de  olhar em frente, prevenir, curar as feridas, entreajudar e seguir … É também tempo de relembrar que continuam a haver potencialidades fantásticas na nossa ilha. Uma delas é esta nossa capacidade de não baixar os braços, atirar-se à vida, voltar acreditar e sorrir. Seja after-work, ao fim de semana, a sós, a dois, com crianças ou amigos, deixo-vos aqui algumas sugestões para ajudar a levantar a moral, neste Verão: #1. Faz um passeio de caiaque. Na Quinta do Lorde podem-se alugar caiaques e remar até à Baía d’Abra. É só combinar com a Ester ou o Marco da Azul Diving Center Madeira. Já tive a oportunidade de experimentar e adorei! #2. Passeia numa “levada”. Sabias que há cerca de 30 percursos recomendados na Madeira? Aposto que há muitos que ainda não conheces. Faz-te à montanha, parte de madrugada e leva companhia. Podes deixar …