Month: fevereiro 2014

Em 12 fotos: Fevereiro

  “Travel brings power and love back to your life ” Rumi – Persian poet   No mês de Fevereiro viajamos. Fomos passar um Fim de Semana ao Santo da Serra. Visitamos a quinta, o mercado e ficamos alojados num dos meus hotéis preferidos : Porto Bay Serra Golf . Vimos a neve no Poiso, o pôr do sol na Ponta do Pargo e tomamos chá na Zona Velha do Funchal . Andamos de avião e de comboio; Londres, Newcastle e finalmente uma cidade que sempre quis conhecer, Dublin! Pubs, humor, música, livros e o gosto por 2 dedos de conversa, assim é a Irlanda! Em Newcastle, participei na minha primeira conferência de Travel blogging chamada Traverse, e o meu blog já tem logotipo 🙂 Talvez por ser o mês mais pequeno do ano, fico sempre com a sensação que passou depressa demais… aqui fica em 12 fotografias, Fevereiro.                   E agora, venha o Carnaval…! 🙂  

Do you really need to travel to enjoy a holiday? (Eng/Port)

Será que realmente precisamos de viajar para ir de férias? Quanto mais viajo mais me pergunto, ir de férias implica viajar? Pessoalmente, definir férias é ter tempo para mim , desligar do dia a dia, relaxar e recuperar forças para continuar. Isto inclui não ter pressa à refeição, poder divertir – me e reflectir, e encontrar inspiração naquilo que me rodeia. Viajar é um escape, partir numa aventura, ir lá fora e aprender, sentir a diferença. Por isso a minha resposta é não. Não é necessário viajar para ir de férias . É possível tirar uns dias de folga do trabalho, desligar o telefone e entrar num mundo de evasão . Mas será que se consegue fazê-lo na própria cidade, no próprio lar? Deixo-vos então com 2 perguntas : Sentes que foste de férias de cada vez que viajas com esse propósito ? Qual é o teu segredo para atingir esse fim?

“Aye ” Newcastle !

Uma combinação perfeita entre o antigo e o novo, assim é Newcastle. Esta Cidade universitária tem ruas com 2000 anos de história, obras de arquitetura premiadas, restaurantes, lojas vintage, “charity shops” e uma vida noturna impressionante! Segundo o estilo “Geordie”- dialecto de Newcastle e apesar dos 2 graus de temperatura que se fazem sentir lá fora, os saltos saem à rua e os casacos ficam em casa. Impressionante como do dia para a noite, as ruas se transformam numa passarela de fãs de uma boa noitada.. discotecas e bares, não faltam! “Some like it hot”, “Madam koo”ou “as you like it”, para nomear alguns. Há também casas antigas onde se podem alugar salas para dar festas particulares, para festejar um aniversário ou um dia especial. A noite termina num boteco de “fish and chips” estaladiças e quentinhas como se quer àquela hora . Para um fim de semana com amigos ou a dois, para compras, riqueza histórica, vida noturna e “sightseeing”, fica a 3h de Londres de comboio e foi uma agradável surpresa para mim. …

Um passeio na neve…

  E lá vem um ano que neva aqui… A temperatura desce no Funchal e subimos às montanhas para um passeio na neve ou à procura dele… Este foi um desses Fevereiros. Amanhecemos com os picos da ilha cobertos de neve. Foi um brinde às crianças, que sonham com um dia de Inverno, como vem nos livros…com bonecos e bolas de neve, com cachecóis, gorros e todo o prazer que dá ver, sentir e brincar com ela. Paràmos no Poiso. A estrada estava fechada e fomos andando “estrada acima, de cá pra lá” em direcção ao Pico do Areiro. Estava aquela luz fantástica que só a Madeira tem e que ao chegar aos 1000 mt de altitude, nos faz entrar noutra dimensão, o “andar nas nuvens”… Aqui ficam alguns desses momentos.     O Duarte Ferreira é também o vocalista da banda Akoustic Junkies, a minha banda madeirense preferida. Tens planos para este sábado? Eles vão tocar no Casimiro às 22h. Onde fica? Clique aqui. Não percam!  

“Era uma vez em Paris…”

“Era uma vez em Paris” é o nome de um bar que adoro na cidade do Porto, tem aquele ar burlesco e uma banda sonora excelente, mas não é do Porto que falo neste post… Vou antes falar-vos de como foi em Paris ,cidade, que inspirou um dos meus filmes preferidos: O fabuloso destino de Amelie Poulain. Conheci-a pela primeira vez há 12 anos atrás. Cheguei de malas a tiracolo para ficar 3 meses. Era Erasmus na Faculdade de Medicina Veterinária de Maisons Alfort . Vivia na Universidade. Adorei. Aprendi. Estudei. Conheci. E quando as aulas terminavam partia à descoberta da cidade e apaixonei-me completamente. Percorri Paris lentamente, com prazer. Saboreando cada descoberta, cada conquista, cada aprendizagem. As memórias desses dias passam por dar mais uma volta de metro só para ouvir tocar acordeão… ir às galerias Lafayette arregalar a vista…comer um crepe com nutella na rua…e as inúmeras visitas ao nível 5 do museu de Orsay. O museu onde aprendi a gostar de museus. Só por ele, uma visita a Paris já vale a pena. …

O País das Maravilhas da Luísa

Perguntei à talentosa Luísa Spinola se poderia fazer uma imagem para o meu blog. Já conhecia alguns trabalhos feitos por esta artista e sempre gostei muito do seu talento. Desde os quadros de família aos workshops com crianças, cheios de estilo e originalidade. Hoje, recebi a obra de arte da Luísa. Sempre com um sorriso, cheia de vida e otimismo, o seu atelier dos gatafunhos é um País de encantos que vale a pena visitar. Para sonhar e acreditar que nada é impossível… Parabéns Luísa e Muito Obrigada! 🙂   Visitem:  www.luisaspinola.com

Em 12 Fotos: Janeiro

Janeiro, foi por aqui. Um dia de cada vez. Gozando as pequenas coisas. Embora cansada da azafama do Natal e fim de Ano, comecei o ano otimista, cheia de resoluções de ano novo. Entre outras, melhorar a organização (inspirada num artigo do blog organizing made fun), aprender novas receitas (com os videos do Jaimie Oliver ) ou a gozar mais a nossa cidade, o Funchal. Entre trabalho-escola-casa, com dias melhores e outros piores, mas disfrutando o sol que teimou em aparecer e aquecer o Inverno.. Aqui ficam 12 fotos de Janeiro:                         Espero que tenham tido um bom mês de Janeiro. Venha Fevereiro! Beijinhos Sofia