Travel to Madeira
comments 7

Já conhecem a Emília-Romanha?

É considerada uma das zonas mais ricas da Europa e fica no norte de Itália.

Compreende cidades entre as quais, Modena (também famosa pelo vinagre balsâmico), Rimini ( famoso local de visitas à beira-mar), Parma (com o seu queijo parmesão) e a capital, Bolonha (onde descobri que o esparguete à bolonhesa é um mito… há sim tagliettelle à Ragu, tortellini e todo o tipo de massas caseiras estupendamente deliciosas…).

Bolonha tem sabores inesquecíveis a começar pelo “aperitivo”, uma espécie de “Happy Hour” italiana, que é como ali se começa a noite…a bebida, Lambrusco, a minha preferida, vem acompanhada de um buffet de saladas, pizzas, massas e melão com presunto “prosciutto”… E sim, só se paga a bebida (por volta de 7€).

Bolonha é linda, pintada de vermelho tijolo e muito acolhedora.
Esta Cidade universitária tem a mais antiga universidade da Europa, é descontraída, bem-disposta e faz-nos sentir em casa, desde o momento em que chegamos…

Bolonha tem tudo. História, música, romance, boas lojas, excelente comida, pessoas bonitas e simpáticas.
É uma cidade para conhecer a pé, de preferência de mãos dadas….:)

Bolonha tem segredos que se confessam às paredes, literalmente, e tem o sítio perfeito para um brunch, num Domingo de manhã.

Bolonha tem bicicletas e Ferraris, tem cinema ao ar livre, concertos do Hugh Laurie no teatro, jazz no jardim e tudo isto, numa mesma noite…

Bolonha ensina-nos tão bem o “dolce far niente” no degrau de uma “Piazza” a saborear um “gelatto”…os melhores gelados da minha vida!

E para terminar, deixo-vos a tradução do excerto de um texto, no meu mapa da cidade:
” Eu gosto de Bolonha porque não é demasiado grande nem demasiado pequena…É uma cidade provínciana com um coração metropolitano… Para mim é perfeita!”

 

20130924-002510.jpg20130924-003040.jpg

vcm_s_kf_repr_720x720 (2)IMG_1360

IMG_1315vcm_s_kf_repr_720x720

Onde Fiquei:

Blogville, projecto desenvolvido pelo Turismo de Emilia Romagna juntamente com os bloggers da iambassador travel: Budgettraveller e Traveldudes.

O objectivo consiste em trazer bloggers/escritores de todo o Mundo para a Região, providenciando-lhes uma base a partir da qual possam explorar o lugar de uma forma original, comer, sentir e viver como um local em Italia. Visite www.blogville-emiliaromagna.com . Também no instagram #Blogville

Como lá cheguei:

Funchal-Porto/ Porto-Bolonha (transavia / Ryanair)

Bolonha é um bom ponto de partida para conhecer a Itália de comboio. Fica a cerca de 40 minutos de Florença, 2 horas de Veneza e 3 horas de Roma, aproximadamente.

A não perder:

Visite uma quinta agrícola em Modena, para uma prova de vinagre balsâmico. Eu visitei a Acetaia Leonardi. www.acetaialeonardi.it

Esta quinta é linda, está rodeada por 10 hectares de produção vinícola, sobretudo Lambrusco e Trebbiano, uvas, a partir das quais se produz o vinagre balsâmico. Esta é uma arte e tradição da família Leonardi, desde 1871, que requer paciência e paixão, sendo esta marca mundialmente reconhecida.

Nunca o vinagre foi tão doce…Muito bom!

vcm_s_kf_m160_160x120vcm_s_kf_m160_160x120 (2)vcm_s_kf_repr_832x624 (4)

 

email

7 Comments

  1. Joana Trindade says

    Sofia,
    ando a seguir-te no instagram e só hoje conheci o teu blog. Parabéns! Está deliciosamente terno, e sim, conseguimos evadir-nos contigo para estes bocadinhos de mundo e sonhar com os pequenos grandes prazeres da vida. Saber vivê-los é um dom, partilhá-los é uma sorte para quem está deste lado…
    Beijo

  2. Oi Ana Sofia,
    descobri o teu blog por acaso, através do time travel turtle, estava a ver umas fotos das portas pintadas da nossa zona velha. Foi neste post onde ele te mencionou: http://www.timetravelturtle.com/2014/04/driving-around-madeira-photos/

    Por curiosidade já visitei a Emlia-Romagna, a minha melhor amiga é italiana e vive nessa cidade, foi ela que me levou a visitar algumas cidades do norte e amei. Tenho um carinho especial por Itália, o seu idioma, a sua comida enfim. Sou uma apaixonada por essa cultura.

    Gostei muito de visitar o teu blog, deu para matar saudades da nossa terra, eu também sou um dos jovens que emigrou e é com muito orgulho que tenho e falo sempre da nossa Madeira, obrigado por partilhares.

Leave a Reply